VASECTOMIA

 

A vasectomia é considerada um método definitivo de controle de natalidade (esterilização definitiva do homem). Está indicada como opção de planejamento familiar quando a família já se encontra constituída, e não existe o mínimo desejo de ter mais filhos. Deve ser levado em consideração a idade e o número de filhos do casal.

          Esta cirurgia impede a liberação de espermatozóide quando o homem ejacula, ou seja, elimina apenas o líquido seminal, mas sem espermatozóide. Durante uma vasectomia, os canais deferentes de cada testículo são isolados, seccionados e fechados com nó cirúrgico. Isso impede que o espermatozóide se misture com o sêmen que é ejaculado. Assim, o óvulo feminino não pode ser fertilizado, pois não há espermatozóides no sêmen. Os testículos continuam a produzir espermatozóide, sendo reabsorvido no próprio testículo (isto já acontece normalmente com os espermatozóides que não são ejaculados depois de um tempo, independentemente de você ter sido submetido a uma vasectomia).

           Os canais deferentes são bloqueados antes das vesículas seminais e da próstata, portanto você continua a ejacular após a vasectomia, aproximadamente a mesma quantidade de líquido seminal, pois a quantidade de espematozóide representa apenas 10% do volume do sêmen.

           Normalmente, são necessárias 20 ejaculações após a vasectomia para todo o espermatozóide remanescente na vesícula seminal seja eliminado. Assim, deve-se usar outro método de controle de natalidade até a realização de exame de espermograma após a vasectomia, até verificar se a contagem de espermatozóides está em “ZERO. 

A Cirurgia:

  • A bolsa testicular é limpa com um anti-séptico e os os pelos são raspados.
  • Será realizado uma anestesia intravenosa (IV) leve, para reduzir a ansiedade e deixá-lo sonolento. Assim, a anestesia local e o procedimento serão indolores. Sendo realizado no centro cirúrgico e com acompanhamento do médico anestesista.
  • Cada vaso deferente é localizado por palpação.
  • Um anestésico local é injetado na região.
  • O médico faz duas pequenas aberturas em sua bolsa testicular. Através de uma abertura, os dois canais deferentes são seccionados. As duas extremidades do canal deferente são amarrados com fio cirúrgico.
  • Os canais deferentes são restituídos ao interior da bolsa testicular e a pele é fechada com pontos cirúrgicos, que se dissolvem com o passar dos dias e não precisam ser removidos.
  • O processo cirúrgico leva cerca de 30 a 40 minutos, devendo ser feito por um urologista , que é o especialista treinado para este procedimento.

         Vasectomia sem bisturi é uma técnica que usa uma pinça pequena com extremidades pontiagudas. Em vez de usar um bisturi para cortar a pele, a pinça é empurrada através da pele da bolsa testicular e, em seguida, aberta. Os benefícios do presente processo incluem menos sangramento, apenas uma pequena abertura na pele é realizada, levando a menos complicações. A vasectomia sem bisturi é tão eficaz quanto a vasectomia tradicional.

 

O que esperar após a cirurgia:

         A bolsa testicular ficará anestesiada por 1 a 2 horas após a vasectomia. Deve aplicar bolsa de água fria/gelada na área. Deverá utilizar uma roupa íntima confortável, mas que dê sustentação e faça uma compressão suave ou um "short térmico", isto ajuda a aliviar o desconforto e proteger a área.

         Os medicamentos administrados no pós-operatório são suficientes para reduzir o edema local e a dor. O retorno ao trabalho pode ser feito em 1 ou 2 dias. Evitar esforço físico por uma semana.

         Retornar ao consultório entre 7 e 10 dias, para verificar o processo de cicatrização. Deve-se retomar a atividade sexual, logo que estiver confortável, geralmente em cerca de 5 dias. Mas deve ser usado outro método de controle de natalidade até a realização do exame de controle: espermograma. Após a contagem de espermatozóides ser zero, não é necessário outro método de controle de natalidade .   

         A vasectomia não interfere com o seu desejo sexual, com a capacidade de ter ereções, sensação de orgasmo, ou a capacidade de ejacular.

Diferenciais e Vantagens:

  • A vasectomia é um método permanente de controle de natalidade. Uma vez que seu sêmen não contém espermatozóides, você não precisa se preocupar com outros métodos de controle de natalidade.
  • A vasectomia é um procedimento mais seguro, mais barato que causa menos complicações que a laqueadura em mulheres.
  • Realizado no centro cirúrgico fornece maior segurança ao paciente.
  • Método com sedação associada a anestesia local propicia método indolor na cirurgia e maior conforto ao paciente.
  • Ao utilizar a técnica de vasectomia sem bisturi, o homem tem uma recuperação mais tranquila, podendo retornar as sua atividades precocemente.

 

PROF. DR. ENRICO ANDRADE                                   PROF. DR. GUSTAVO ALARCON  
RUA CORTA VENTO, 26, CJ 11, ANÁLIA FRANCO, CEP: 03313-010, SÃO PAULO, SP. 
TEL: (11) 2098-2571 E 2768-7031 
INSTITUTO DA PRÓSTATA E DOENÇAS URINÁRIAS – HOSP. ALEMÃO OSWALDO CRUZ
RUA JOÃO JULIÃO, 331, BELA VISTA, SÃO PAULO, SP. 
TEL: (11) 3549-0000 

urologiasaopaulo@bol.com.br